03/03/2015

DAS PEQUENAS COISAS...

Ando sempre por aí...
E por onde passo,
Onde quer que eu vá...
Estou sempre a observar
As belezas da vida!

E nas singelas e pequenas coisas,
Percebo delicadezas...
Amor e Ternura,
Em cada obra do criador!

O meu olhar esperto e atento,
Só enxerga coisas boas...
Vejo beleza em tudo
Na vida!

Sei que por onde andar...
Cada desatenção minha,
Posso perder a oportunidade
De vislumbrar coisas importantes
E belas

Posso sempre andar por aí...
E não é de bom alvitre,
Ter um caminhar
Impaciente!

Por onde eu passar,
Preciso ofertar o meu sorriso...
O meu perdão...
E o meu amor!

Por onde quer que eu vá,
Não posso carregar
Ressentimentos... Angústias...
E Falta de amor.

Ressentimentos
Revelam fraquezas
E falta de amor próprio...
Isso nos autodestrói!

Aprendi na vida,
Que cada palavra áspera dirigida...
É a mim que fere!
Preciso semear a paz...
O bem querer...

Na vida,
Pequenos detalhes fazem
A diferença...
É das pequenas coisas,
Que se vive.

Aprendi que nada acontece
Por acaso...
E cada omissão praticada,
É uma página que rasgo,
Da minha própria existência.

Que cada maldade praticada,
Faço alguém triste...
E eu,
Afasto de mim mesmo!

Que em cada momento,
Meu silêncio seja oportuno...
E por onde eu andar,
Eu possa enxugar prantos!

Ao fazer os outros felizes,
É a mim que o faço!
E cada sorriso que espalho,
É uma semente
De esperança.

Escolhi que em meu caminho,
Nunca haja espinhos...
Não quero plantar,
Para ferir a mim
E a ninguém!

O amor está nas pequenas coisas...
E ele é capaz de transformar
Tudo à nossa volta.
A beleza da vida,
 Está em tudo que eu olhar...
Com as lentes do coração.




2 comentários:

  1. Belas e lindas expressões. Adoro-te o toque do seu coração nas palavras.

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo!!! Tenha uma tranquila e bela noite!

    ResponderExcluir